Importância de um orçamento para a execução de obras

April 18, 2018

Você sabe o que compõe o projeto de orçamento e o que o faz tão essencial para a construção civil? Gastos? Custos? Será que só esses aspectos são o bastante para compor uma etapa tão detalhada e significativa em uma execução de obra? Essas perguntas serão respondidas abaixo, além disso, conceitos, exemplos, dicas e pontos interessantes serão apresentados sobre esse tema incrível.

 

 

 

  • Orçamento é um processo muito abrangente, principalmente se for retratado na área da Construção Civil e segue essa linha de planejamento:
     

1. Análise de Viabilidade:

 

 
Etapa que pode ser feita tanto antes de todo o processo de criação do projeto, quanto ele finalizado, nesses dois casos, pode haver algumas alterações de escolha necessária (material, equipamento, locação, etc). Isto é, desde o estudo do solo até a estimativa de preço da obra, as especificações (incluindo imprevistos) devem ser levadas em consideração para saber se a construção é viável financeiramente e/ou estruturalmente, tanto para construtora quanto para o cliente.
Isso possibilita a quem está no comando prever gastos e necessidades, como (tempo, dinheiro, mão de obra e materiais) e ao interessado o ato de se programar para possíveis despesas, empréstimos e investimentos.



Exemplos de estimativa de custos:

a) Custo por hectare de urbanização:

 



b) Custo por metro linear de rede de esgoto ou de drenagem:
 

 

OBS: Deve-se ter em mente que essa etapa consiste em estudos, ou seja, deve haver à interpretação de projetos, memorial descritivo (usado para analisar estruturas similares ou já presentes no local) e, até mesmo, uma visita técnica para percepção melhor da projeção futura.
 

 

2. Orçamento Preliminar: 

É executado após a aprovação da análise de viabilidade e de empreendimento e possui mais detalhes do projeto como componentes importantes arquitetônicos e estruturais.
Leva-se em consideração a estimativa de custos e o levantamento de algumas quantidades e alguns serviços.

 

 
Exemplos:

a) Estruturais como gabarito, áreas, volumes, pesos, taxas estruturais tipo de fundação, etc;
b) Organizacionais como especificações preliminares de equipamentos, lista de materiais, plantas arquitetônica da obra etc;
c) Financeiros como custos de serviços de engenharia (concreteira/ terceirização/ fornecedores).

OBS: O orçamento preliminar, por ter mais especificações, é mais preciso do que a Análise de Viabilidade.


 

3. Orçamento Analítico ou Detalhado: 

Possui composições de custos, pesquisas de preços e basicamente é um conjunto de documentos de itens:
 



a) Planilha orçamentária: documento com todos os materiais estruturais, impostos e taxas que afetam o preço final do orçamento;

b) Detalhamento de insumos: materiais, equipamentos e mão-de-obra;

c) Custos unitários:


Diretos: Interfere diretamente à precificação do orçamento, Ex: funcionários, transporte de equipamentos, materiais, etc.
Indiretos: Interfere indiretamente à precificação do orçamento, Ex: energia do escritório da empresa;
 
d) Taxa de Encargos Sociais: associada aos possíveis funcionários da obra, então, inclui FGTS, INSS/PSS, férias, licenças, etc;

e) Levantamento de quantitativos completo: quantidade específica de funcionários na obra, de cada tipo de material utilizado, de esquadrias, custos indiretos, etc;

f) BDI: taxa relacionado ao custo adicionado que inclui as despesas indiretas, financeiras, de comercialização que o construtor pode ter, além de seu lucro.

OBS: Como é a etapa final do orçamento, ela é de extrema importância, pois serve como parâmetro de licitação da obra, de controle de custos e, consequentemente, balizador na negociação de contratos.

 

  • Recomendações:
     

É necessário a revisão e/ou o destrinchamento da planilha orçamentária e o conhecimento do local da obra, assim como a técnica específica adotada e as formas gerenciais, visando evitar:

a) Erros Matemáticos;
b) Cotação errada de projetos e preços (tanto quantitativos, quanto salariais, respectivamente);
c) Ausência de algum serviço;



EXTRA:
 

Então a resposta para à pergunta "Será que só esses aspectos são o bastante para compor uma etapa tão detalhada e significativa em uma execução de obra?  é…. NÃO!

O projeto de orçamento vai muito além de medir custos e gastos, já que quem o faz necessita ter conhecimento, dedicação, planejamento em todos os processos incluídos no mesmo. Vale ressaltar sua importância para eficiência dos prazos, tal qual o controle financeiro e estrutural. Assim, esse será um documento detalhado que cumprirá, de forma mais exata possível, a efetividade da sua obra.
Logo, visto a flexibilidade de um orçamento de obras, que objetiva sempre a qualidade, satisfação e o bem-estar de todos que participam desse processo, ele pode suprir tanto as necessidades financeiras, quanto pessoais do cliente!

 

 
 

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------

 

Precisa de um orçamento de obra que seja eficiente cumprindo todas as suas necessidades atreladas ao seu capital financeiro? A Construtiva Jr. resolve com um projeto!


 

Gabriella Maia, Graduanda em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).


 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

I'm busy working on my blog posts. Watch this space!

Please reload

Posts Recentes