Como melhorar a ventilação na sua residência.


O arejamento é um dos fatores que mais traz conforto no ambiente onde você frequenta e transmite uma sensação de tranquilidade e frescor. Você acredita que algumas alterações e alguns atos simples possam favorecer ainda mais seu bem estar? Conheça alguns tipos de ventilação que proporcionam maneiras acessíveis para resolver seus problemas.



  • Ventilação Natural:


Pode ser definida como a movimentação do ar dentro de um local de forma que não haja interferência de aparelhos mecânicos. É, consequentemente, responsável pelo “efeito chaminé”, processo em que o ar mais frio exerce pressão positiva e o ar mais quente, tornando-se mais denso, tende a subir e facilitar as correntes de convecção. Isto é, pode ter influência tanto da temperatura no ambiente quanto dos ventos.


  • Ventilação Cruzada:


Definida como um tipo de ventilação natural, ela ocorre quando há a abertura de pelo menos duas entradas de ar, adjacentes ou opostas, permitindo, assim, um fluxo de ventos cruzados. É muito importante que haja a interação da circulação de ar tanto internamente quanto externamente.



Fatores capazes de influir na alteração climática:

  • Radiação Solar;

  • Posicionamento de Janelas e Portas;

  • Barreiras de circulação de ar;

  • Corredores entre ambientes;

  • Residência cheia de divisórias causando maior resistência ao fluxo da brisa;

  • Diferença de altura entre barreiras (parede, peitoril), influenciando diretamente na velocidade e no nível de ventilação;


Recomendações:


  • Permita a circulação do ar na residência, ou seja, abrir portas e janelas necessárias para seu bem estar. Teste janelas maiores de correr com uma ou duas folhas e portas com bandeira ou vãos superiores.


  • Verifique as áreas de abertura de entradas e saídas do ar, a fim de analisar se estas correspondem proporcionalmente à dimensão do ambiente. Caso não saiba, procure alguém que entenda do assunto.


  • Evite colocar produtos decorativos ou móveis que possibilitem o bloqueio de entradas de ar. Utilize elementos vazados (chapas perfuradas ou cobogós) como possíveis divisórias, eles além de garantirem qualidade térmica no recinto, controlam a incidência de raios solares.

OBS: Devem ser ajustáveis e posicionados onde ofereçam menor resistência ao fluxo.


  • Ventilação Mecânica:


Caracterizada por sistemas mecânicos, podemos chamá-la de auxiliar, tendo como exemplos: ventilador, climatizador, ar condicionado, etc. Esses aparelhos favorecem ainda mais o fluxo de ar na sua residência, entretanto deve-se saber como utilizá-los de forma correta.



Recomendações:


1. Ao posicionar o ventilador ou o climatizador em um cômodo menos aclimatado, analise por onde a corrente de ar entra no ambiente, com intuito de evitar um choque entre a ventilação mecânica e a natural.


2. Todos os tipos de aparelhos carecem de limpeza, visto que, o acúmulo de poeira e bactérias pode ser prejudicial à saúde de pessoas que possam frequentar o local. Determine uma frequência para realizar tal ato.



---------------------------------------------------------------------------------------------------------



Caso procure resultados de mais qualidade para transformar seu ambiente num local mais arejado e confortável, a Construtiva Jr resolve com um Projeto Arquitetônico!


Gabriella Maia, Graduanda em Engenharia Civil pela Universidade de Fortaleza (UNIFOR).


#ventilação #engenharia #arquitetura #natural #mecânica #projetoarquitetônico #cruzada #efeitochaminé #empresajúnior #ej #conforto #arejamento #dicas #portas #janelas #ventos

Posts Em Destaque
Posts em breve
Fique ligado...
Posts Recentes